jusbrasil.com.br
3 de Abril de 2020
    Adicione tópicos

    Violência da mulher e o machismo

    Lelyan Guimar√£es Amancio, Advogado
    h√° 8 meses

    Fico me perguntando se teria a mesma gra√ßa se um homem, cansado de mentiras, jogasse uma cadeira em uma mulher. ūü§Ē

    Conflitos familiares

    √Č prov√°vel que voc√™ conhe√ßa algum homem que j√° tenha tido o telefone quebrado, o carro amassado, que j√° tenha visto suas roupas rasgadas ou queimadas, jogadas na rua, que j√° tenha sido humilhado na frente de amigos e familiares, j√° tenha tido o rosto estapeados, "unhado", j√° tenha sido proibido de ir ao futebol ou reuni√£o com amigos, que j√° tenha visto o contato com sua pr√≥pria fam√≠lia dificultado e por a√≠ vai...

    Ao contrário do que muitos pensam, existem muitos homens sofrendo violência física, psicologia e financeira e disso nada se fala. Não existe punição. (Não me venha falar em pena por agressão - lesão corporal -, por favor, não me faça rir também).

    Do meu ponto de vista, esta ausência de punição tem a mesma raiz que a violência contra a mulher. O machismo.

    Isso mesmo. O machismo que gera a violência contra a mulher é o mesmo que dita que homem não pode reclamar por apanhar delas, do contrário é taxado de frouxo, vira motivo de chacota.

    Muitos falam do judici√°rio que sendo machista protege os homens em detrimento das mulheres.

    O que vejo na prática, (nas varas de família) é isso mesmo, um judiciário machista, mas o resultado é a total falta de proteção para o homem, que não raras vezes, de vítima, sai vilão.

    Homens que denunciam mulheres ou são frouxos ou estão praticando violência doméstica (psicológica através do judiciário)

    Homem que luta pela guarda de filho? Como pode uma maldade dessas com uma pobre mãezinha, neh?! Ahhh... não quer nada com o filho não, quer mesmo é atingir a mãe... isso é uso de seu poder financeiro... é violência...

    Já ouvi de juiz, dentro de uma sala de audiência, enquanto conduzia uma audiência de tentativa de "conciliação", afirmar: "Não sei o quê que pai quer com guarda de filho".

    Ora, ora Excelência... Será que é conviver, dar amor, cuidar, etc., etc.?!

    Enquanto n√£o mudarmos todos, a ponto de homens e mulheres se respeitarem, ainda que por medo da cadeia (como hoje acontece com alguns homens), n√£o haver√° quem nos salve.

    Ou será que cadeirada em homem é menos cadeirada?

    0 Coment√°rios

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    N√£o use muitas letras mai√ļsculas, isso denota "GRITAR" ;)